"As antiguidades são o único campo
em que o passado ainda tem futuro"


No suporte do telhado, como solução arquitectónica e estrutural, foram usadas asnas em madeira de pinho construídas à moda antiga com ligadores metálicos, apoiadas directamente em pilares de betão, construídos propositadamente para o efeito. Evitando-se, assim, qualquer função resistente das paredes exteriores, condição fundamental para o seu reaproveitamento. A teimosia em se reaproveitar este tipo de paredes reside no facto de serem feitas num material bastante resistente às pontes térmicas e, por conseguinte, geradores de grande conforto no interior da casa, tanto no Inverno como no Verão. No interior, aproveitou-se a caixa existente entre as telhas de fibro-cimento e as asnas, para aplicação de um isolamento térmico à base de poliestireno extrudido, que por sua vez foi coberto com madeira de forro.
 





Pormenores de construção do Armário/Roupeiro/Cama. Esta foi uma solução arquitectónica em que se procurou concentrar estes elementos num só ponto da habitação, com vista a resolver o problema do espaço reduzido. Assim, apesar do pouco espaço, conseguiu-se "encaixar" uma cozinha, uma sala e um quarto espaçosos.
Outra solução arquitectónica, mas neste caso com o objectivo de resolver o problema de luminosidade e ventilação, foi a introdução de pequenos orifícios munidos de janelas basculantes de tijolo de vidro.
 
Pormenor de construção do interior da cozinha. Nesta zona, junto à nova janela (como é visível), foram introduzidas as típicas conversadeiras.
 
Deparamos com alguma dificuldade em encontrar duas pedras simétricas e velhas para colocar no forro das conversadeiras. Recorremos, então, á construção de duas novas pedras exactamente simétricas construídas para o efeito e envelhecidas. Na decoração da cozinha, foram utilizados azulejos de fabrico artesanal e rústico; as torneiras foram adquiridas, recuperadas e reaplicadas. Na bancada foram utilizadas pedras antigas e readaptadas. É importante salientar que este tipo de adaptação de novos móveis a pedras relativamente pesadas e irregulares nem sempre é fácil de concretizar, sendo, muitas vezes, um quebra-cabeças. As janelas exteriores utilizadas são de arquitectura tradicional e em madeira pintada. A madeira utilizada, neste tipo de casos, é de extrema importância a fim de se evitar a utilização de madeiras não adequadas à permanência no exterior.



Pormenor de reconstrução da edificação existente para arrecadações e canil.

 




P
ormenor de reconstrução do telheiro existente, que deu lugar a um espaço destinado a escritório. É de referir a forma como foi reproduzido o desenho das janelas de cantaria da casa-mãe, agora em argamassa, caiadas na cor do soco.

 













 

 

 

 

 

 








A importância da utilização de materiais adequados a este tipo de reabilitação é de extrema importância, a fim de ser possível reabilitar sem adulterar.

 

 

 

 

Revista "Casas de Portugal" - Fotógrafo Nuno Martinho

  topo  
anterior
1|2|3|4
seguinte

© 2002 - 2018 Paulo Jones